quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Apelidos do Clube Vasco da Gama

Durante toda a sua história, o Vasco da Gama teve diversas maneiras de ser chamado. Camisas Pretas era como a imprensa dos anos 20 e 30 chamavam o time. Esta era a característica do uniforme, sem a faixa diagonal branca. Apenas nos anos 40 é que foram incorporadas. Gigante da Colina, é um apelido que se usa até hoje em dia. Conhecido assim, pois o estádio São Januário está localizado em uma região elevada.

Em 45 surgiu o mais famoso apelido: Expresso da Vitória, começou a ser usado quando o Vasco, conquistou o campeonato carioca sem deixar de pontuar. Esse apelido tomou mais força ao domínio exercido pelo time do Vasco até 52. Pela forte presença vascaína nos campeonatos internacionais, em muitas vezes se fazia necessário formar uma equipe mista de reservas para disputar torneios menos expressivos. Assim foi chamado o time: Expressinho. Como o futebol sempre foi paixão nacional, na década de 40, o caricaturista Lorenzo Molas criou mascotes para as equipes cariocas, sendo usado para o time do Vasco um almirante português. Deste modo o Vasco também passou a ser chamado de Almirante. Vasquinho foi uma tentativa da imprensa tornar o Vasco mais querido (único carioca finalista do Torneio Roberto Gomes Pedrosa  de 1968) sendo ele o único representante do Rio entre os finalistas daquele campeonato. Em contrapartida, surgia naqueles anos, um modismo de se dar aumentativos para tudo, e o time do Vasco não escapou sendo chamado de Vascão após conquistar o título carioca de 70. Ainda na década de 60, com um tom de brincadeira, surgiu o apelido de Bacalhau, dado pelos adversários. A torcida do Vasco acabou por adotar o apelido atribuindo àqueles que realmente vestem a camisa do Vasco. O apelido foi usado pelo cartunista Henfil , que na época publicava diariamente no Jornal dos Sports, para batizar o seu personagem que representava um torcedor do Vasco, um português careca e bigodudo. Em 1975, especialmente no terceiro turno,o Vasco virou diversas partidas decisivas com muita raça, fazendo surgir então o apelido Vascão vira - vira, que até hoje é usada a cada virada heroica. Vasco Machão, UAI! Essa foi a expressão utilizada pelo Jornal dos Sports na conquista do título brasileiro em 74. Essa expressão também foi utilizada pelo radialista da Rádio Nacional José Carlos Araújo em 77, após ver apresentações brilhantes de um time de alta qualidade e de muita raça e valentia.

Títulos Regionais
  • Campeonato Carioca: 1923, 1924, 1929, 1934, 1936, 1945, 1947, 1949, 1950, 1952, 1956, 1958, 1970, 1977, 1982, 1987, 1988, 1992, 1993,1994, 1998.
  • Copa Rio: 1992, 1993.
  • Torneio Municipal: 1944, 1945, 1946, 1947.
Títulos Nacionais

  • Campeonato Brasileiro: 1974, 1989, 2000
  • Rio - São Paulo: 1958, 1966, 1999
Títulos Internacionais

  • Taça Libertadores da América: 1998
  • Mercosul: 2000
  • Sul Americano de Clubes: 1948
  • Troféu Ramón de Carranza (ESP): 1987, 1988, 1989
  • Torneio de Palma de Mallorca (ESP): 1995
  • Torneio da Amizada (AFR): 1991
  • Copa de Ouro (EUA): 1987
  • Pequena Taça do Mundo (VEN): 1956
  • Torneio de Paris (FRA): 1957
  • Taça Tereza Herrea (ESP): 1957
  • Torneio de Lima (PER): 1957
  • Torneio de Santiago (CHI): 1957 e 1963
  • Torneio do México (MEX): 1963
  • Torneio de Metz (FRA): 1989
  • Torneio de Verão (URU): 1982
  • Troféu Colombino (ESP): 1980

Nenhum comentário:

Postar um comentário