terça-feira, 31 de outubro de 2017

PENSAMENTOS NEGATIVOS E CURA

O número de pessoas que passam o dia cultivando pensamentos negativos é altíssimo, e poucas se dão conta de que estão pensando de forma desequilibrada, e que isso é extremamente perigoso para quem emite esse tipo de pensamento, porque depois de certo tempo essas emissões mentais ruinosas transformam-se em um problema terrível para o centro de origem.
Permanecer com pensamentos de cunho negativo por longos períodos da vida só faz multiplicar os problemas diários, tomando a vida áspera e cheia de dificuldades, pois o pensamento negativo atrai condições desagradáveis, como se fosse um objeto imantado, ao contrário dos pensamentos positivos, que só atraem coisas boas, correspondentes ao que foi emitido pela mente altruística.
A reversão do pensamento negativo para efeito de cura pode ser realizada através de uma escolha consciente, fazendo uma concentração de pensamentos positivos e altruísticos para, dessa forma, adquirir um novo senso de paz e de tranquilidade tão necessárias às nossas vidas.
É sumamente importante selecionar o que estamos dizendo mentalmente e, se percebermos que estamos cultivando pensamentos negativos, precisamos realizar um bloqueio mental desses sentimentos para voltar ao ponto normal da vida, alimentando ideias positivas e sadias, buscando inspiração em alguma coisa de realce no campo do bem, que possa chamar a nossa atenção de um modo especial; como, por exemplo, lembrar-se de uma situação que nos fez rir ou de algum evento alegre que nos tenha deixado muito felizes.
A vida é sempre cheia de muitas oportunidades e atrações, e são exatamente essas atrações que nos ajudam a superar as dificuldades temporárias que vão surgir durante a nossa caminhada na direção da luz. A melhor maneira de ultrapassar os obstáculos do presente é esquecer tudo o que aparentemente fizemos de errado na retaguarda recente ou distante, procurando sempre o lado positivo das condições existentes na atualidade.
Outro detalhe importante é a caridade e a compaixão que devemos nutrir pelos outros, principalmente por aqueles que estão enfrentando dificuldades no momento atual, angariando laços de amor e fraternidade, que nos ajudam a descobrir nossa natureza divina, que, de um modo geral, sempre se acha encoberta pelos nossos vícios, nossos desejos e nossas paixões.
Os nossos pensamentos também melhoram de qualidade quando nos entregamos ao exercícios de meditação, recolhimento e silêncio, dedicando alguns minutos do nosso tempo para conversar com Deus no íntimo de nossa consciência imortal, buscando uma harmonização ideal para o corpo físico e, principalmente, para o espírito.
A prática diária da prece atrai, para o nosso organismo físico e espiritual, as energias cósmicas que descem do Alto, mas que só atingem quem se toma receptivo, cultivando bons hábitos e tendências enobrecidas, afinadas com as leis divinas que regem a vida cósmica.
A natureza em que vivemos não dá saltos espetaculares e nem existem milagres ao nosso redor que possam resolver de imediato os nossos problemas. Isso só através de trabalho e de muita luta para todos aqueles que de alguma forma reconhecem o poder de Deus. Ele, na sua suprema sabedoria e bondade, jamais interfere no livre-arbítrio dos homens, pois espera que cada um de nós realize pelo aprendizado a escolha correta de nossos destinos, depois de muito tempo.
O pensamento contínuo é o maior instrumento já concedido ao espírito imortal e é com ele que o homem tece, paulatinamente, a túnica eletromagnética que irá vestir ao alcançar, depois de muitas reencarnações, as campinas siderais do infinito.
Texto extraído do livro Os Segredos do Véu de Isis - Silva, Djalma Santos da, p. 85 - 87.